o Cousa

Partilhar com todos os Fãs dos desportos motorizados, a experiência dos meus 30 anos por dentro do automobilismo de competição em On line, na minha cadeira de rodas.

A minha foto
Nome:
Localização: Gondomar, Porto, Portugal

Tenho duas colaboradoras excelentes neste meu singelo BLOG. Uma é Fotógrafa minha esposa RL KIKAS A outra minha colaboradora a nível de TRATAMENTO DE IMAGENS é minha querida noiva SL Vivian Acosta Rivera As duas o muito obrigado

sábado, dezembro 02, 2006

TRIBUTO À RENAULT PORTUGUESA (Competições)


A Renault foi uma das marcas com maior expressão no desporto automóvel em Portugal mais concretamente nos Rallys.
Em 1984 começa por correr com o “R5 Turbo Tour de Corse” de grupo B com o grande Joaquim Moutinho/ Edgar Fortes que vencem o rally de Portugal, após o boicote das equipes de fábrica face ao acidente de Joaquim Santos na Lagoa Azul.
Após a era R5 e banidos os grupos B do campeonato do mundo o Team escreve os R11 Turbo com Inverno Amaral a sagrar-se campeão nacional de Rallys na sua época de estreia.
A nova aposta é nos Troféus a marca dedica-se à velocidade com a Renault 5 GT Turbo e o Clio.
Volta novamente aos Rallys com os Renault Clio 16V de grupo A com José Carlos Macedo / Miguel Borges, em 94 esta mesma dupla estreia um Clio Williams e apenas perde o campeonato para Fernando Peres em Ford Escort Cosworth por não ter tracção Integral, mas vencem em F2.
Em 95 a aposta é no Clio Maxi que é só o primeiro kit Car a correr em solo nacional e vence a F2.
No ano 97 faz -se a estreia de um novo modelo, a Renault Mégane Maxi, com vários dissabores e saídas de estrada de Carlos Macedo mas ainda assim vencem novamente a F2 com o mais persistente Pedro Azeredo /Fernando Prata (Fanã).
Em 2003 regressam aos Super Clio com Matos Chaves /Nuno Rodrigues mas penalizados devido a terem apenas duas rodas motrizes ficando afastados do título.
Ano seguinte apostam num segundo carro confiado a José Pedro Fontes/ Fernando Prata e acabam por conquistar o titulo em S1600.
Último ano e agora sem Matos Chaves a Renault vence com José Pedro Fontes/ Fernando Prata as últimas três provas de asfalto saindo em grande do nacional de Rallys.
Ao fim de 23 anos de competições interuptamente a Renault põe um ponto final no seu departamento, nos quais os dois últimos anos com a Opção 04 de Paulo Ferreira.
Uma grande perda de uma marca que deixa nos anéis da competição nacional uma grande brecha.
Adeus Renault até breve.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial