o Cousa

Partilhar com todos os Fãs dos desportos motorizados, a experiência dos meus 30 anos por dentro do automobilismo de competição em On line, na minha cadeira de rodas.

A minha foto
Nome:
Localização: Gondomar, Porto, Portugal

Tenho duas colaboradoras excelentes neste meu singelo BLOG. Uma é Fotógrafa minha esposa RL KIKAS A outra minha colaboradora a nível de TRATAMENTO DE IMAGENS é minha querida noiva SL Vivian Acosta Rivera As duas o muito obrigado

sexta-feira, dezembro 01, 2006

ROMÃOZINHO MELHOR PORTUGUES NO MONTE CARLO 1972


Último piloto a fazer o Rally de Monte Carlo em 1972, acompanhado por Heitor de Morais em Citroen DS semi oficial, patrocinado pela Sacor (actualmente Galp), Woolmark e a Avis, terminaram em 19º lugar absoluto e primeiro da classe sendo esta a melhor classificação de um piloto Português.
Tendo partido de Lisboa (naqueles tempos havia um percurso de concentração onde partiam os concorrentes de várias cidades, tais como, Barcelona, Paris, Hamburgo, etc.) em direcção ao Porto.
Primeiro controle na delegação do ACP, eram tantos os espectadores no Porto que para não penalizarem Heitor de Morais teve que abrir a estrada a soco e a pontapé para Romãozinho não penalizar.
As ligações eram difíceis de fazer e para percorrer 100 km tinham que sair à noite chegando de manhã, acrescendo ainda as inúmeras dificuldades, o gelo, neve e asfalto.
No percurso comum Romãozinho teve vários problemas com os pneus, desde ficar sem pregos na frente do carro, depois de ter andado com pregos no asfalto seco e os ditos desapareciam.
Na última noite, partiam para o emblemático Col do Turini só com pneus na frente de pregos porque não havia tempo para mudar os quatro. Foi um andar aos papeis como ele dizia.
Chegou lá em cima (Col do Turini) todo atravessado, sendo inevitável a saída de estrada mas o publico como aficionado que era colocou novamente o carro na estrada e lá vai ele a descer sem pneus atrás de neve, foi muito difícil chegar ao fim.
Romãozinho no final ganhou muita experiência neste rally mas só voltava novamente se fosse com outras condições, o apoio de fábrica e com pneus nos locais indicados, como não foi o caso.
Parabéns Sr. Romãozinho e Heitor de Morais por este feito que fica na história dos Rallys em Portugal.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial