o Cousa

Partilhar com todos os Fãs dos desportos motorizados, a experiência dos meus 30 anos por dentro do automobilismo de competição em On line, na minha cadeira de rodas.

A minha foto
Nome:
Localização: Gondomar, Porto, Portugal

Tenho duas colaboradoras excelentes neste meu singelo BLOG. Uma é Fotógrafa minha esposa RL KIKAS A outra minha colaboradora a nível de TRATAMENTO DE IMAGENS é minha querida noiva SL Vivian Acosta Rivera As duas o muito obrigado

segunda-feira, outubro 16, 2006

A MONTANHA PARIU UM RATO


A Scuderia Ferrari deu um tiro no pé no circuito de Suzuka ao ter partido calorosamente o motor em que Michael Shumacher praticamente com a corrida ganha, mais o campeonato de pilotos permite o abandono. Mas quem tudo quer nada tem, lá diz o ditado e é bem verdade.
O team de Maranello não precisava de atacar tanto como o fez, pois o motor era o mesmo que tinha ganho no grande prémio da China sendo previsível de partir, como veio a acontecer.
Shumacher ao declarar em Imola perante os tifossis que abandonaria no final de época após abandono de Fernando Alonso (com o mesmo problema com o motor partido a dez voltas do final do G.P de Sepang), pôs a Scuderia e todo o seu staff técnico sobre pressão psicológica (ao querer sair em grande) com consequências imprevisíveis, como veio acontecer.
Como disse Sir Jackie Stewart: “… a despedida de Shummy é inoportuna antes do final do campeonato, pois até ao lavar dos cestos é vindima…”.
Shumacher ao sair do Japão em branco praticamente disse adeus ao campeonato de pilotos e pior que isso sai pela porta pequena depois de um palmarés invejável mas sem carisma. Lamentável.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

para mim e ja te disse o Shumacher é e sera o maior piloto de todos os tempos.

ass: Joao Pedro, o sobrinho do Firmino

12:48 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial