o Cousa

Partilhar com todos os Fãs dos desportos motorizados, a experiência dos meus 30 anos por dentro do automobilismo de competição em On line, na minha cadeira de rodas.

A minha foto
Nome:
Localização: Gondomar, Porto, Portugal

Tenho duas colaboradoras excelentes neste meu singelo BLOG. Uma é Fotógrafa minha esposa RL KIKAS A outra minha colaboradora a nível de TRATAMENTO DE IMAGENS é minha querida noiva SL Vivian Acosta Rivera As duas o muito obrigado

sexta-feira, abril 06, 2012

ANTÓNIO RODRIGUES CAMPEÃO OPEN 2011
Costuma o povo dizer e com razão ( Para lá do Marão mandam os que lá estão ) esta metáfora cabe que nem uma luva ao Campeão Open e F2 António Rodrigues ( Tozé para os amigos e Fãs ). Munido de um Saxo Kit Car muito bem preparado e assistido na SFR Motorsport de Barcelos de apenas duas rodas motrizes fêz com que a concorrência com carros muito mais competitivos e de tracção total se sentissem inferiorizados competitivamente e mecanicamente , fez-me recordar a célebre batalha Bíblica de David contra Golias. Composta por 10 provas penso que são Rallys em demasia face à conjuntura económica que o nosso país atravessa, Europa incluída, este ano o Open de Rallys apesar destas vicissitudes enumeradas foi um Campeonato dos mais interessantes de seguir ou seja como já é conhecido a Liga de Honra dos Rallys. Rodrigues vencendo os três primeiros Rallys em asfalto pôs logo a concorrência em sentido, concorrência essa vinda de pilotos tais como Renato Pita que com um Mitsubishi Lancer EVO VI teria por obrigação andar na frente de Tozé o que não veio a acontecer vencendo apenas um Rally,Renato Pita muito pouco para o carro que detêm. Outro outsider de Rodrigues foi o experiente Luís Mota que com seu bem preparado Mitsubishi Lancer EVO VIII poderia e deveria ter feito melhor face ao carro que pilota , vencendo dois Rallys em terra, assim como Daniel Nunes que com carro idêntico a Mota também só acabou por ganhar dois rallys em terra. Fernando Peres inscreveu-se em alguns Rallys mas, sem sorte, acabando por desistir. Nos três Troféu que compõem o Open o Campeonato Júnior Sub-26 Ivan Capelo no seu Peugeot 206 GTI foi o mais regular tirando dividendos ao conquistar o respectivo titulo, que bateu Daniel Nunes em Mitsubishi Lancer EVO VII que ao pilotar um carro mais performance teria que ser por norma Campeão. No Troféu Modelstand 206 GTI Carlos Fernandes um Rockie perante uma concorrência de grande nível onde prontificavam pilotos já com créditos firmados nos Rallys em Portugal, tais como Manuel Inácio, João Ruivo , Gil Antunes e Fabrício Lopes foram todos eles uma decepção, sobre Carlos Fernandes um novato nestas andanças, de aplaudir. No Troféu FastBravo onde os Marbellas são reis Diogo Gago foi um vencedor nato , onde protagonizou um duelo sem tréguas com, Fábio Ribeiro, e Rui Garcia. Um Campeonato mesmo á realidade dos Rallys em Portugal com muita competitividade entre as várias classes em disputa, contrariando o CPR Campeonato Portugues Rallys , por favor Sr. Pinto de Freitas FPAK ponha os olhos neste Campeonato Open, e una todos os Campeonatos num só.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial